sexta-feira, 14 de novembro de 2008

Protegendo Almas

A descoberta de Corta-Orelha

Naquela decepcionante visão de parcas dimensões de terra, de pálidos verdes amarelos e daquela voz colada em sua mente, Corta-Orelha teve um calafrio e pressentiu que alguém o observava.

De repente, ouviu um sussurro. - Ivan, Ivan aqui... aproxime-se. Olhou para os lados e nada. Novamente ouviu - Aqui, aqui no meio do jardim. Olhou pra lá e logo dirigiu-se naquela direção.

Como sabes meu nome? Quem é você?

Não temas! Sejas bem vindo. Somos da mesma matriz. Enquanto você escavava de Ivanhika pra cá algumas partículas irmãs me avisaram da sua chegada. Os gigantes daqui nos vêem como pedras e metais, como material sem vida, não sabem muito sobre nós, eles se satisfazem somente em moldar-nos a imagem e semelhança deles, depois nos veneram chamando-nos de monumentos, imagens sagradas ou bustos. Assim, quando passamos por eles causamos lembranças, medos, calafrios ou simplesmente aquela sensação que alguns chamam de saudade. Caro amigo devo informar que temos uma árdua missão aqui nessa dimensão.

Missão aqui? Busco somente o amarelo trigo na terra verde couve-salgada!

Não Ivan, não sabes, mas você é a peça chave dessa Missão. Andam roubando almas por aqui! Algumas medidas emergenciais já foram providenciadas. As almas gigantes receberam salvas-vidas para garantia e proteção.



O que devo fazer?

Deves levar em conta tudo que falam. Deves ler, pensar e escrever tudo que achar pertinente. Deves ouvir estrelas e se possível consultar Laura Fuentes sobre o que mais pode ser feito.

9 comentários:

Claudia disse...

Olá, RC.
Coitado do Ivan, ele só queria voltar para a terra dele, e voce arrumou uma missão complicadíssima. Gostei muito do texto, e o vídeo ficou excelente. Obrigada por dar continuidade à história.
Um beijo,
Claudia

SADY FOLCH disse...

Roberto Carlos, minha primeira leitura de sua página e não posso deixar de dizer menos do que, estou encantado com este texto. Foi maravilhoso, conciso, com imagens de um mundo paralelo, de um mundo de jornada.
Parabéns.
SaDy

Nanete Neves disse...

Bastante atual o tema, RC, bem sacada a inclusão desse video no link, melhor ainda a ironia com o verde-amarelo pálido. Muito legal sua continuação dessa saga lítero-grupal que, por razões obvias, acabou indo parar nas mãos de Laura, alminha especialista em confusões individuais e/ou grupais..rsrs

Pati Cytrynowicz disse...

Oi, RC. Essa também é a minha primeira visita em sua página e, confesso, você, tímido, tentando se esconder o tempo todo, modesto, querendo dizer que não sabe fazer estas coisas... que grande surpresa seu texto, seu blog, a adequação dos recursos de mídia. Parabéns!

Olga disse...

Gostei bastante, Roberto Carlos, isso sim é linkar textos! Você já deixou a tarefa de sua escolhida aberta em seu texto e ficou muito legal! O jogo vai ficando cada vez mais interessante!

Olga disse...

Roberto Carlos, você é meu convidado para participar de um "Meme" que me foi mandado pela colega Claudia Finamore. As instruções estão em meu blog e o link é o seguinte http://abcdletras.blogspot.com/2008/12/meme-dos-8-desejos-e-8-amigos.html

Caso queira, pode acessar pelo meu blog abcdletras.blogspot.com diretamente.

Abraços,
Olga.

Petê disse...

RC,

Finalmente te descobri na blogosfera de vez (já tinha vindo aqui, mas, enlouquecido, esquecera de adicionar). Agora está devidamente adicionado no Vermelho Carne e no meu Google Reader.

Ah, meu blog não é mais o Letras e Vozes, e sim o vermelhocarne.blogspot.com

abração

Marco Antonio disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Marco Antonio disse...

Roberto Carlos

Parabéns pelo lindo texto e, especialmente pela remessa para a Laura Fuentes, de quem sou amigo e que me indicou seu nome para participar de uma brincadeira. Se puder e quiser participar, passe pelo http://marco_pacheco.blog.uol.com.br/
Um abraço e muito prazer. Voltarei mais vezes.
Marco Antonio